Setransp acionará a Justiça se assembleia do Sindimoc afetar o transporte coletivo

Convenção Coletiva prevê modernização da bilhetagem

Setransp acionará a Justiça se assembleia do Sindimoc afetar o transporte coletivo
06/11/2018 |

O Setransp (Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana) vem novamente a público para alertar o Sindimoc (Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana) de que buscará reparação na Justiça caso a assembleia da categoria, marcada para quinta-feira (8), afete o serviço regular de transporte coletivo, prejudicando não apenas os passageiros, bem como o comércio, a indústria, os colégios e hospitais.

Além disso, o Setransp considera desproporcional e descabida a possível aprovação de indicativo de greve em razão de um projeto de lei que apenas começou a tramitar – tendo pela frente um longo período de debates e discussões na Câmara – e que trata de tema também considerado na Convenção Coletiva 2018/2019, assinada em conjunto com o Sindimoc.

CLÁUSULA VIGÉSIMA QUARTA – QUALIFICAÇÃO E GARANTIA DE EMPREGO

Considerando a modernização do sistema de transporte urbano de passageiros de Curitiba; considerando que essa nova realidade tecnológica implicará na redução da atividade do empregado cobrador, ajustam as partes as seguintes condições relativamente aos empregados cobradores:
a) matrícula e custeio dos empregados cobradores, no período de 12 (doze) meses a contar do registro deste instrumento no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego, em um dos cursos de formação profissional do SEST/SENAT, à escolha do empregado;
b) garantia provisória no emprego (estabilidade provisória), pelo prazo máximo de 12 (doze) meses a contar da data do registro deste instrumento no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego, de que não poderão, os empregados cobradores que estão com seus contratos de trabalho vigentes na data do referido registro no Ministério do Trabalho e Emprego, sofrerem despedida sem justa causa;
c) aproveitamento, sempre que possível, da mão de obra dos cobradores em outras atividades existentes nas empresas empregadoras.

O Setransp está cumprindo o que foi acordado na Convenção Coletiva: garantindo estabilidade por 12 meses, dando ciência aos trabalhadores e disponibilizando a requalificação. Até o momento, cerca de 2,5 mil cobradores demonstraram interesse nos 57 cursos oferecidos pelo Senat.

Modernização

A ideia do projeto enviado à Câmara pela Prefeitura de Curitiba e Urbs, para alterar a lei que exige a presença de cobrador no interior dos ônibus, é modernizar o sistema e dar mais eficiência e controle quanto à cobrança de passagens, a fim de proporcionar mais rapidez nos embarques e oferecer novas funcionalidades em benefícios dos passageiros.

Além disso, a nova bilhetagem trará mais segurança ao transporte coletivo, pois o pagamento da tarifa se dará por meio da utilização de cartão eletrônico, retirando a circulação de dinheiro de dentro dos ônibus e, com isso, reduzindo a ocorrência de assaltos, que tantos transtornos têm causado à população.

Empresas de ônibus fazem apelo por mais segurança no trânsito

Confira o vídeo

+

Nota oficial sobre nova bilhetagem e requalificação de cobradores

Medida visa a trazer mais segurança ao sistema

+

Ônibus são incendiados e linha V. Autódromo é suspensa

Ataques ocorreram terça e quarta-feira

+

Motorista prepara surpresa para Dia das Crianças

Confira o vídeo!

+
  • Categorias

  • Posts recentes

  • © 2017 EMPRESAS DE ÔNIBUS DE CURITIBA E REGIÃO METROPOLITANA | Feito à mão e em pixel por br + vm